quinta-feira, 21 de setembro de 2017

22 de Setembro Inicia-se a Primavera no Brasil e em todo continente Sul Americano


22 de Setembro inicia a primavera no continente sul americano

Dia da Árvore, 21 de setembro


Dia da Árvore, 21 de setembro, importância da data, bibliografia, objetivos. No Brasil, o Dia da Árvore é comemorado em 21 de setembro, em função da véspera da primavera. É nesta estação que as árvores ficam repletas de folhas verdes e, em muitas delas, surgem lindas flores.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Império do Brasil ( 1822 a 1889 )


20 de Setembro de 2017 -Lembramos dos 172 Anos da Revolução Farropilha


REVOLUÇÃO FARROPILHA Revolução Farroupilha, também é chamada de Guerra dos Farrapos ou Decênio Heróico ( 1835 - 1845), eclodiu no Rio Grande do Sul e configurou-se, na mais longa revolta brasileira. Durou 10 anos e foi liderada pela classe dominante gaúcha, formada por fazendeiros de gado, que usou as camadas pobres da população como massa de apoio no processo de luta. O Rio Grande do Sul foi palco das disputas entre portugueses e espanhóis desde o século XVII. Na idéia dos líderes locais, o fim dos conflitos deveria inspirar o governo central a incentivar o crescimento econômico do sul, como pagamento às gerações de famílias que se voltaram para a defesa do país desde há muito tempo. Mas não foi isso que ocorreu. A partir de 1821 o governo central passou a impor a cobrança de taxas pesadas sobre os produtos rio-grandenses, como charque, erva-mate, couros, sebo, graxa, etc. No início da década de 30, o governo aliou a cobrança de uma taxa extorsiva sobre o charque gaúcho a incentivos para a importação do importado do Prata. Ao mesmo tempo aumentou a taxa de importação do sal, insumo básico para a fabricação do produto. Além do mais, se as tropas que lutavam nas guerras eram gaúchas, seus comandantes vinham do centro do país. Tudo isso causou grande revolta na elite rio-grandense. Em 20 de setembro de 1835, os rebeldes tomam Porto Alegre, obrigando o presidente da província, Fernandes Braga, a fugir para Rio Grande. Bento Gonçalves, que planejou o ataque, empossou no cargo o vice, Marciano Ribeiro

sábado, 16 de setembro de 2017

BANDEIRAS HISTÓRICAS DO BRASIL


BANDEIRAS HISTÓRICAS DO BRASIL

Bandeira da República Federativa do Brasil (1889 até os dias atuais )


Bandeira Provisória da República (15 a 19 de Novembro de 1889)


Bandeira Imperial do Brasil ( 1822 a 1889 )


Bandeira do Regime Constitucional ( 1821 a 1822 )


Bandeira do Reino Unido de Portugal , Brasil e Algarve (1816 a 1821)


Bandeira Real Século VII (1600 a 1700 )


Bandeira de Dom Pedro II de Portugal (1683 a 1706)


Bandeira do Principado do Brasil (1645 a 1816)


Bandeira da Restauração (1640 a 1683)


Bandeira do Domínio Espanhol (1616 a 1640)


Bandeira de Dom João III ( 1521 a 1616)


Bandeira Real (1500 à 1521)


Bandeira da Ordem de Cristo (1332 a 1651 )


Bandeira da Ordem de Cristo (1332 a 1651 )

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Tereza di Marzo Pioneira da Aviação Civil no Brasil


(São Paulo, 4 de agosto de 1903 — São Paulo, 9 de fevereiro de 1986) foi uma pioneira da aviação. Compartilha com Anésia Pinheiro Machado e Ada Rogato a honra de ter sido uma das primeiras brasileiras a pilotar um avião. Foi a primeira aviadora brevetada do Brasil, com brevê de número 76, outorgado reconhecido pelo Aeroclube do Brasil e pela Federação Aeronáutica Internacional, que em 1922 homologava os breves expedidos no mundo. Anésia Pinheiro Machado foi a segunda aviadora do Brasil, com breve de número 77, pois só realizou suas provas de pilotagem um dia depois de Teresa.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

A primeira mulher a realizar um voo solo no Brasil também nasceu em Itapetininga.


A primeira mulher a realizar um voo solo no Brasil também nasceu em Itapetininga. Na cidade, não são tantos os que se lembram do feito de Anésia Pinheiro Machado, que teve a memória perpetuada numa estátua em bronze na região central. A aviadora nasceu em junho de 1902, e faleceu em maio de 1999. Cremada, ela teve as cinzas depositadas em urna que se encontra guardada no Museu do Cabangú, município de Santos Dumont, Minas Gerais. Anésia começou seus estudos na aviação em dezembro de 1921, na cidade se São Paulo. Teve o interesse despertado para voar ainda criança. Em 17 de março de 1922, já faria seu primeiro voo solo numa aeronave Caudron - G3. Um Mês depois, recebe o brevet internacional de número 77 da Federação Aeronáutica internacional (FAI) pelo Aeroclube do Brasil. Em setembro do mesmo ano, realiza o voo interestadual entre São Paulo e Rio de Janeiro, em comemoração ao Centenário da lndependência. Tornou-se a primeira "raid woman" ("mulher veloz", no jargão aeroviário) brasileira. Graças à proeza, foi cumprimentada pelo próprio Alberto Santos Dumont por meio de carta. Em julho de 1924, Anésia participa da Revolução junto com os capitães Joaquim, Juarez Távora e Índio do Brasil, com os quais foi presa e, posteriormente, liberada por golpe de revoltosos. Em meados de 1939, retoma as atividades aeronáuticas, voando a Porto Seguro para receber Gago Coutinho.

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DE SÃO PAULO Curso de Adestramento Básico R/E Julho de 1978 4 dias de Campo Direção e Chefia de Campo Chefe IM Kaol Sugimoto de saudosa Memória Chefe IM Adelk Bistão de Saudosa Memória Alunos Chefes Participantes no Curso 38 Alunos Chefes

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


Curso de Adestramento Básico - R/E - UEB -SP Lorena SP - Julho de 1978 4 dias de Campo Momentos antes do Arriamento do Pavilhão Nacional vemos os membros da Equipe Regional de Adestramento bem como os Diretores do Curso Chefe IM Kaol Sugimoto e Chefe IM Adelk Bistão ,cumprimentando cada membro alunos chefes participantes do curso

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


Curso de Adestramento Básico CAB - Julho de 1978 4 dias Lorena SP Vemos os alunos chefes Juan e Acácio apresentando novo tipo de amarra apresentação aos diretores do curoso Chefe IM Kaol Sugimoto Chefe IM Adelk Bistão Arena central todas as patrulhas perfiladas momentos antes do Arriamento da Bandeira Nacional

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


Curso de Adestramento básico cab Lorena SP 1978 Formatura por Patrulhas de alunos chefes momentos antes do hasteamento da Bandeira Nacional

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


Curso de Adestramento Básico Cab Julho de 1978 - 4 dias Lorena SP Vemos os membros das 4 patrulhas de alunos chefes reunidos posando para foto antes do inicio das atividades de campo

Curso de Adestramento Básico CAB - Loreta SP 1978


Vemos o Fogo de Conselho A Tropa Reunida todos os alunos chefes e suas 4 patrulhas todos os chefes e assistentes membros da direção do curso e auxiliares O Fogo de Conselho foi dirigido pelo Chefe IM Kaol Sugimoto de saudosa memória

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


Inspeção de Campo Curso de Adestramento Básico Cab Lorena SP

Curso de Adestramento Básico CAB - Lorena SP 1978


CURSO DE ADESTRAMENTO BÁSICO CAB - LORENA -SP data: Julho de 1978 4 dias. Direção do CAB Chefe IM Kaol Sugimoto Chefe IM Adelk Bistão Inspeção de Campo por Patrulha de Alunos Chefes

André Rieu e a Orquestra Johann Strauss realizando o Boléro de Ravel


Um clássico da musica clássica da atualidade !! André Rieu e a Orquestra Johann Strauss realizando o Boléro de Ravel ao vivo em Maastricht. Tirado do DVD / Blu-Ray "André Rieu - Under the Stars - Live in Maastr André Rieu & the Johann Strauss Orchestra performing Ravel's Boléro live in Maastricht. Taken from the DVD/Blu-Ray "André Rieu - Under the Stars - Live in Maastricht 5

terça-feira, 12 de setembro de 2017

ADA ROGATO PRIMEIRA MULHER AVIADORA CIVIL DO BRASIL


ADA ROGATO Ada Rogato é um dos nomes femininos mais consagrados da aviação brasileira. A partir dos 24 anos de idade, em plena década de 30, tornou-se a primeira mulher a obter o brevê de piloto de planador e de paraquedista, sendo também a primeira mulher a se brevetar no Brasil. BREVET número 1 do Ministério da Aeronáutica ADA ROGATO Primeira Aviadora Mulher do Brasil

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

6 de Setembro - Dia da Oficialização da Letra do Hino Nacional


6 de Setembro - Dia da Oficialização da Letra do Hino Nacional O Hino Nacional Brasileiro foi instituído pelo Decreto 171/1890, de 20 de janeiro de 1890 e sua letra oficializada pelo Decreto 15.861/1922, de 06 de setembro de 1922. Em 1936, o então Presidente Getúlio Vargas determinou a obrigatoriedade da execução do Hino Nacional em todos os estabelecimentos de ensino públicos ou privados do país, através da Lei 259/1936 de 01 de outubro de 1936. A Lei 5.454 de 31 de julho de 1942 determina que: – o andamento do Hino Nacional deverá ser de 120 batidas por minuto; – é obrigatória a tonalidade Bb (Si bemol) para execução instrumental; – nos casos de simples execução instrumental a música será tocada integralmente sem repetição e, nos casos de execução vocal, a música deverá ser cantada nas duas partes do poema; – o canto será sempre em uníssono. No Capítulo IV, o artigo 26 determina que “é vedada a execução de quaisquer arranjos vocais do Hino Nacional, a não ser o de Alberto Nepomuceno e igualmente não será permitida a execução de arranjos artísticos instrumentais do Hino Nacional que não sejam autorizadas pelo Ministério da Educação”. Anos depois, pela Lei 5.700 de 1º de setembro de 1971 surgem algumas alterações: – a marcha batida, de autoria do mestre de música Antão Fernandes, integrará as instrumentações de orquestra e banda, nos casos de execução do Hino Nacional; – Nas cerimônias em que se tenha de executar um Hino Nacional Estrangeiro, este deve, por cortesia, preceder o Hino Nacional Brasileiro. Em 1981, o então Presidente João Figueiredo promulgou a Lei 6.913/1981, em 27 de maio do mesmo ano, que considera contravenção o descumprimento do disposto na Lei 5.700/1971, estipulando multa de um a quatro vezes o maior valor de referência nacional (na prática, de um a quatro salários mínimos). Em caso de reincidência, este valor deverá ser dobrado. Em 22 de setembro de 2009, entrou em vigor a Lei que obriga a execução semanal do Hino Nacional nas escolas públicas e particulares do ensino fundamental. De autoria do deputado federal Lincoln Portela, de Minas Gerais, a Lei foi sancionada por José Alencar, à época presidente em exercício. Todas estas Leis continuam valendo, pois nenhuma delas foi revogada. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Letra do Hino Nacional Brasileiro I OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGENS PLÁCIDAS DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE, E O SOL DA LIBERDADE, EM RAIOS FÚLGIDOS,, BRILHOU NO CÉU DA PÁTRIA NESSE INSTANTE. SE O PENHOR DESSA IGUALDADE CONSEGUIMOS CONQUISTAR COM BRAÇO FORTE, EM TEU SEIO, Ó LIBERDADE, DESAFIA O NOSSO PEITO A PRÓPRIA MORTE! Ó PÁTRIA AMADA, IDOLATRADA, SALVE! SALVE! BRASIL, UM SONHO INTENSO, UM RAIO VÍVIDO DE AMOR E DE ESPERANÇA À TERRA DESCE, SE EM TEU FORMOSO CÉU, RISONHO E LÍMPIDO, A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECE. GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA, ÉS BELO, ÉS FORTE, IMPÁVIDO COLOSSO, E O TEU FUTURO ESPELHA ESSA GRANDEZA. TERRA ADORADA, ENTRE OUTRAS MIL, ÉS TU,BRASIL, Ó PÁTRIA AMADA! DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL, PÁTRIA AMADA, BRASIL! II DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO ESPLÊNDIDO, AO SOM DO MAR E À LUZ DO CÉU PROFUNDO, FULGURAS, Ó BRASIL, FLORÃO DA AMÉRICA, ILUMINADO AO SOL DO NOVO MUNDO! DO QUE A TERRA MAIS GARRIDA, TEUS RISONHOS, LINDOS CAMPOS TÊM MAIS FLORES; "NOSSOS BOSQUES TEM MAIS VIDA," "NOSSA VIDA" NO TEU SEIO "MAIS AMORES". Ó PÁTRIA AMADA, IDOLATRADA, SALVE! SALVE!. BRASIL, DE AMOR ETERNO SEJA SÍMBOLO O LÁBARO QUE OSTENTAS ESTRELADO, E DIGA O VERDE-LOURO DESSA FLÂMULA -PAZ NO FUTURO E GLÓRIA NO PASSADO. MAS, SE ERGUES DA JUSTIÇA A CLAVA FORTE, VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA, NEM TEME, QUEM TE ADORA, A PRÓPRIA MORTE. TERRA ADORADA, ENTRE OUTRAS MIL, ÉS TU, BRASIL, Ó PÁTRIA AMADA! DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL, PÁTRIA AMADA, BRASIL!

195 Anos de Independência do Brasil


195 ANOS DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL INDEPENDÊNCIA DO BRASIL As margens do riacho do Ipiranga em São Paulo em 07 de Setembro de 1822 às 17 horas o Príncipe Regente do Brasil D. Pedro de Alcântara de Bragança .,Gritou “INDEPENDÊNCIA OU MORTE” ., assim os laços do Brasil colônia foi cortado de Portugal e a partir do Grito do Ipiranga . A nação denominada BRASIL IMPÉRIO teve o seu inicio em 07 de setembro de 1822 à 1889 . e o então Príncipe regente ,passou a ser: Imperador Dom Pedro I do Brasil . Até os dias de hoje a Independência do Brasil é comemorada festivamente por todo o povo do Brasil e é o marco das conquistas e realizações Nacionais. Bandeira do Brasil Império de 1822 à 1889 Comemora-se em 7 de Setembro de 2017 os 195 anos da Independência do Brasil. Evento Civico Patriotico -Participe !! ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 195 YEARS OF INDEPENDENCE OF BRAZIL INDEPENDENCE OF BRAZIL The Ipiranga creek banks in São Paulo on September 7, 1822 to 17 hours the Prince Regent of Brazil D. Pedro de Alcantara Bragança. Shouted "INDEPENDENCE OR DEATH.", So the colony of Brazil was ties cut from Portugal and from Ipiranga Cry. The nation called BRAZIL EMPIRE had its beginning on September 7, 1822 to 1889. and the then Prince Regent, became: Emperor Dom Pedro I of Brazil. Until today the independence of Brazil is celebrated festively by all the people of Brazil and is the landmark of the achievements and national achievements. Empire Flag of Brazil 1822 to 1889 Veja o sonho de Tiradentes e de tantos outros brasileiros, que derramaram sangue pela Independência do Brasil, realizado pelas mãos de Dom Pedro I. Veja emoção, coragem, aventura, drama e amor na maior história brasileira jamais filmada. Uma obra-prima às margens plácidas do Ipiranga e no país do salve, salve. Onde, as vezes, as coisas só se conseguem no grito. Descubra a imperiosa participação de Tarcisio Meira, como Dom Pedro I, e de Glória Menezes como a Marquesa de Santos. Numa produção também heróica de Oswaldo Massaini, com uma direção firme e competente de Carlos Coimbra. Independência ou Morte. Uma história que virou filme, ou um filme que fez See the dream of Tiradentes and many other Brazilians, who shed blood for the independence of Brazil, held by the hands of Dom Pedro I see excitement, courage, adventure, drama and love in the largest Brazilian story ever filmed. A masterpiece to the peaceful banks of the Ipiranga and in the country of save, save. Where, sometimes, things only get to cry. Discover the overwhelming participation of Tarcisio Meira, as Dom Pedro I, and Gloria Menezes as the Marquesa de Santos. A too heroic production Oswaldo Massaini, with a firm and competent direction of Carlos Coimbra. Independence or death. A story that became a movie, or a movie that made

195 Anos da Independência do Brasil


7 de Setembro Independência do Brasil


7 de Setembro Independência do Brasil - comemora-se 195 anos de Independência do Brasil em 2017. Hino do Império do Brasil - Anthem of the Empire of Brazil

7 de Setembro Independência do Brasil - 195 Anos


195 ANOS DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL INDEPENDÊNCIA DO BRASIL As margens do riacho do Ipiranga em São Paulo em 07 de Setembro de 1822 às 17 horas o Príncipe Regente do Brasil D. Pedro de Alcântara de Bragança .,Gritou “INDEPENDÊNCIA OU MORTE” ., assim os laços do Brasil colônia foi cortado de Portugal e a partir do Grito do Ipiranga . A nação denominada BRASIL IMPÉRIO teve o seu inicio em 07 de setembro de 1822 à 1889 . e o então Príncipe regente ,passou a ser: Imperador Dom Pedro I do Brasil . Até os dias de hoje a Independência do Brasil é comemorada festivamente por todo o povo do Brasil e é o marco das conquistas e realizações Nacionais. Bandeira do Brasil Império de 1822 à 1889 Comemora-se em 7 de Setembro de 2017 os 195 anos da Independência do Brasil. Evento Civico Patriotico -Participe !! 195 ANOS DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL INDEPENDÊNCIA DO BRASIL As margens do riacho do Ipiranga em São Paulo em 07 de Setembro de 1822 às 17 horas o Príncipe Regente do Brasil D. Pedro de Alcântara de Bragança .,Gritou “INDEPENDÊNCIA OU MORTE” ., assim os laços do Brasil colônia foi cortado de Portugal e a partir do Grito do Ipiranga . A nação denominada BRASIL IMPÉRIO teve o seu inicio em 07 de setembro de 1822 à 1889 . e o então Príncipe regente ,passou a ser: Imperador Dom Pedro I do Brasil . Até os dias de hoje a Independência do Brasil é comemorada festivamente por todo o povo do Brasil e é o marco das conquistas e realizações Nacionais. Bandeira do Brasil Império de 1822 à 1889 195 YEARS OF INDEPENDENCE OF BRAZIL INDEPENDENCE OF BRAZIL The Ipiranga creek banks in São Paulo on September 7, 1822 to 17 hours the Prince Regent of Brazil D. Pedro de Alcantara Bragança. Shouted "INDEPENDENCE OR DEATH.", So the colony of Brazil was ties cut from Portugal and from Ipiranga Cry. The nation called BRAZIL EMPIRE had its beginning on September 7, 1822 to 1889. and the then Prince Regent, became: Emperor Dom Pedro I of Brazil. Until today the independence of Brazil is celebrated festively by all the people of Brazil and is the landmark of the achievements and national achievements. Empire Flag of Brazil 1822 to 1889 Veja o sonho de Tiradentes e de tantos outros brasileiros, que derramaram sangue pela Independência do Brasil, realizado pelas mãos de Dom Pedro I. Veja emoção, coragem, aventura, drama e amor na maior história brasileira jamais filmada. Uma obra-prima às margens plácidas do Ipiranga e no país do salve, salve. Onde, as vezes, as coisas só se conseguem no grito. Descubra a imperiosa participação de Tarcisio Meira, como Dom Pedro I, e de Glória Menezes como a Marquesa de Santos. Numa produção também heróica de Oswaldo Massaini, com uma direção firme e competente de Carlos Coimbra. Independência ou Morte. Uma história que virou filme, ou um filme que fez See the dream of Tiradentes and many other Brazilians, who shed blood for the independence of Brazil, held by the hands of Dom Pedro I see excitement, courage, adventure, drama and love in the largest Brazilian story ever filmed. A masterpiece to the peaceful banks of the Ipiranga and in the country of save, save. Where, sometimes, things only get to cry. Discover the overwhelming participation of Tarcisio Meira, as Dom Pedro I, and Gloria Menezes as the Marquesa de Santos. A too heroic production Oswaldo Massaini, with a firm and competent direction of Carlos Coimbra. Independence or death. A story that became a movie, or a movie that made

sábado, 2 de setembro de 2017

Canção da América (Milton Nascimento) - Canarinhos de Petrópolis


Canção da América (Milton Nascimento) - Canarinhos de Petrópolis Música cantada pelos Canarinhos de Petrópolis durante o Concerto de Inverno no Teatro Municipal Don Pedro (antigo Theatro Paulo Gracindo) em Petrópolis. Regência: Marco Aurélio Lischt Piano: Ramon Theobald

A NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA ( Vigor desde 01/01/16)


São Paulo., 02 de Janeiro de 2016 AULA DE LÍNGUA PORTUGUESA – NOVA ORTOGRAFIA em vigor a partir de 01 de Janeiro de 2016 1. Aula de Língua Portuguesa – Nova Ortografia – O Alfabeto completo esta com 26 Letras. de A/Z TREMA: Trema não existe mais ., é que acabaram os dois pontinhos colocados sobre o U. DITONGOS ABETOS DAS PALAVRAS PAROXÍTONAS: Abra bem os olhos não tem mais acento nos Ditongos abertos ÉI e ÓI das palavras paroxítonas, aquelas que têm o acento tônico na penúltima sílaba .IDEIA,GELEIA,BOIA e JIBOIA são alguns exemplos . “ATENÇÃO”:-A regra vale apenas para palavras paroxítonas .As palavras oxítonas terminadas em ÉIS,ÉU,ÉUS,ÓI,ÓIS. continuam acentuadas. Por Exemplo: PAPÉIS,TROFÉU,TROFÉUS,HERÓI e HERÓIS . I- E- U –Não existe mais acento no I e do U tônicos quando eles vieram após um Ditongo .Por exemplo: FEIURA ficou mais bonita sem o acento agudo no U . Agora o acento permanece e a palavra for oxítona e o I ou o U estiverem no final ,seguidos ou não de S: PIAUÍ,TUIUIÚ. EEM E OO(S): As palavras terminadas em EEM e OO(S) não têm mais acento circunflexo .Ou seja : lêem virou LEEM , vôo virou VOO . ACENTOS DIFERENCIAIS: Agora não têm mais acentos agudo que diferenciava PARA, de parar ,da proposição PARA.O mesmo aconteceu com péla/pela, pólo/polo, pêra/pera ficou tudo sem acento. Outros Acentos diferenciais que continuam :ele TEM,MANTÉM, VEM/Eles TÊM, MANTÊM, VÊM. Ela DETÉM, CONVÉM, INTERVÉM ,/Elas CONVÊM , DETÊM, INTERVÊM . ARGUIR E REDARGUIR: Não tem mais acentos. VERBOS TERMINADOS EM GUAR, QUAR E QUIR . Pode averiguar: existe uma variação na pronúncia dos verbos terminados em GUAR, QUAR e QUIR. Esses verbos têm duas pronúncias em algumas formas do subjuntivo e do imperativo. Se o A ou o I forem pronunciados tonicamente ,as formas devem ser acentuadas. Exemplo: ENXÁGUO, ENXÁGUAS,ENXÁGUA,ENXÁGUEM,ENXÁGUES,ENXÁGUEM, DELINQUIR: DELÍNQUES,DELÍNQUE,DELÍNQUEM. Se forem pronunciadas com o U tônico ,as formas deixam de ser acentuadas. É bom observar que,no Brasil, a pronúncia mais usada é a primeira com o A e o I tônicos. USO DO HÍFEN: HÍFEN EM PREFIXOS COM PALAVRAS INICIADAS POR H Você não precisa fazer um esforço sobre-humano para aprender as mudanças da nova ortografia .Basta entender que SOBRE-HUMANO tem hífen porque há um prefixo seguido de palavras começada por H. O mesmo acontece em ANTI-HIGIÊNICO,MINI-HOTEL,MACRO-HISTÓRIA,ULTRA-HUMANO e SUPER-HOMEM SEM HÍFEN QUANDO O PREFIXO TERMINA EM VOGAL DIFERENTE DA VOGAL QUE INICIA O SEGUNDO ELEMENTO. Aprender esta regra é mais fácil que aprender a dirigir. Nem precisa fazer autoescola ,AUTOESCOLA sem hífen porque duas vogais diferentes se encontram no final do prefixo e no começo da segunda palavra . Outros exemplos: AEROESPACIAL,AGROINDUSTRIAL,ANTEONTEM,ANTIAÉREO,COAUTOR,EXTRAESCOLAR,INFRAESTRUTURA,PLURIANUAL,SEMIABERTO. Exceção: o prefixo CO se une com o segundo elemento mesmo quando a vogal é a mesma (O) coordenar, cooperação. SEM HÍFEN QUANDO O PREXIXO TERMINA EM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA POR CONSOANTE. Com a nova reforma ortográfica ,escrever correto é ultramoderno . ULTRAMODERNO sem hífen ,claro. Outros exemplos desta regra: AUTOPEÇA,COPRODUÇÃO,GEOPOLÍTICA,MICROCOMPUTADOR,PSEUDOPROFESSOR e SEMIDEUS. “ATENÇÃO”:- Com o prefixo VICE ,tem que ter sempre o hífen .Exemplo: VICE-PRESIDENTE. SEM HÍFEN COM PREFIXO TERMINADO EM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇANDO COM R OU S . Neste caso ,além de não ter o hífen , o R ou o S é duplicado .Exemplos: CONTRARREGRA , MINISSAIA,ULTRASSOM,ANTIRRACISMO. HÍFEN QUANDO O PREFIXO TERMINA POR VOGAL E A SEGUNDA PALAVRA COMEÇA PELA MESMA VOGAL. Para uma mudança ortográfica que a pouco sai do forno, nada melhor que um micro-ondas. MICRO-ONDAS com hífen porque o prefixo termina com a mesma vogal que começa a segunda palavra . ULTRA-ATIVO, MEGA-AEROPORTO e HIPER-ROUCO. HÍFEN NAS PALAVRAS COMPOSTAS SEM ELEMENTOS DE LIGAÇÃO. Para nunca errar num bate-papo, lembre: BATE-BOCA tem hífen porque é formada por palavras compostas sem elementos de ligação. Assim como: TIRA-TEIMA,LANCE-LIVRE,MATA-MOSCAS. Mas existem exceções. Palavras meio mandonas .como MANDACHUVA, sem o hífen. SEM HÍFEN NAS PALAVRAS COMPOSTAS COM ELEMENTOS DE LIGAÇÃO. Nas palavras compostas com elementos de ligação ,o sinal não trabalha. Em FIM DE SEMANA ,por exemplo: o hífen não é usado. SEM HÍFEN DEPOIS DE NÃO E QUASE. Não se usa hífen depois da palavra NÃO. Fácil ,não ? Se tem NÃO, não usa .Exemplo : “ acordo de não agressão” . O mesmo acontece com QUASE “ QUASE DELITO” HÍFEN DEPOIS DE MAL QUANDO A PALAVRA SEGUINTE COMEÇA POR VOGAL É isso aí. Para evitar qualquer mal-entendido ,só se usa hífen de MAL quando a palavra seguinte começar com vogal ou com as consoantes H e L. Ou seja, você só fica mal -humorado se esquecer o hífen . Outros exemplos: MAL-ARRUMADO,MAL-LIMPO,MAL-ESCOVADO,MAL-INDICADO,MAL-OUVIDO. HÍFEN QUANDO O PREFIXO TERMINA POR CONSOANTE E A PALAVRA SEGUINTE COMEÇA PELA MESMA CONSOANTE. Se você estava super-resistente à reforma da língua ,agora não esta mais . É só lembrar que super-resistente tem hífen pelo encontro do R do prefixo com o R da segunda palavra . Duas consoantes iguais . O mesmo acontece com SUPER-ROMÂNTICO,SUB-BIBLIOTECÁRIO,SUPER-RACISTA. Agora bom mesmo seria que essa ultima palavra sumisse de vez do nosso vocabulário. “ATENÇÃO”:- 1- Nos demais casos ,o hífen não é usado. Exemplo: HIPERMERCADO,SUPERPROTEÇÃO,INTERMUNICIPAL. 2-Com o prefixo SUB,o hífen é usado também diante de palavras começadas por R. Exemplo: SUB-REGIÃO. 3-Com os prefixos CIRCUM e PAN ,o hífen é usado diante de palavras começadas por M, N e vogal .Exemplo: PAN-AMERICANO. SEM HÍFEM QUANDO O PREFIXO TERMINA POR CONSUANTE E A PALAVRA SEGUINTE COMEÇA POR VOGAL. Quem está superamigo da Reforma Ortográfica escreve superamigo bem unido., como um superamigo deve ser .Outros Exemplos: INTERESTELAR,HIPERATIVO,INTERESCOLAR. HÍFEN COM OS PREFIXOS EX, SEM, ALÉM,AQUÉM,RECEM,PÓS,PRÉ E PRÓ. Quem é pró-reforma ortográfica sabe que, depois de PRÓ,PRÉ,PÓS,EX,SEM,ALÉM,AQUÉM e RECÉM, o hífen não pode faltar .Assim ,se um diretor de uma escola escrever ex-aluno sem o hífen vai virar ex diretor .Mais exemplos: ALÉM-MAR,AQUÉM-MAR,PÓS-GRADUAÇÃO,PRÉ-HISTÓRIA,RECEN-CASADO,SEM-TERRA. HÍFEN COM OS SUFIXOS DE ORIGEM TUPI-GUARANI. A reforma é na língua portuguesa, mas não podemos esquecer que os índios já estavam no Brasil antes de Cabral .Então vamos lembrar a regra .Sufixos em tupi-guarani como: AÇU, GUAÇU e MIRIM têm sempre antes o hífen . Exemplo: CAPIM-AÇU,AMORÉ-GUAÇU,ANAJÁ-MIRIM. E se você não sabe o significado dessas palavras ,está na hora de pesquisar mais sobre a língua tupi. HÍFEN NOS COMPOSTOS COM APÓSTROFO. Sabe aquele sinal que parece uma gotinha?. Ele tem o nome de apóstrofo. Toda vez que os compostos tiverem uma palavra com apóstrofo, é obrigatório o uso do hífen. E pra combinar com a gotinha, seguem os exemplos: GOTA-D'AGUA, PÉ-D'AGUA , CAIXA-D'AGUA. HÍFEN EM PALAVRAS IGUAIS OU QUASE IGUAIS. Já que está mesmo o maior zum-zum-zum sobre as mudanças na língua ,a gente aproveita para esclarecer: palavras iguais ou muito parecidas ,que não tenham elementos de ligação ,recebem o hífen . E como estamos falando muito sobre o assunto hífen ,BLÁ-BLÁ-BLÁ é um ótimo exemplo. Quer mais? RECO-RECO, ESCONDE-ESCONDE,ZIGUE-ZAGUE,PINGUE-PONGUE. Satisfeito ? Não?, desculpe ,mas você é bem cri cri HÍFEN NAS PALAVRAS COMPOSTAS QUE NOMEIAM ANIMAIS,PLANTAS,FRUTOS,FLORES,RAÍZES E SEMENTES. Para não ficar voando nas mudanças ortográficas ,lembre-se do bem-te-vi. O hífen é usado em palavras compostas que representam fauna e flora ,tendo ou não elementos de ligação .Exemplo:PEIXE-ESPADA,MICO-LEÃO-DOURADO,ERVA-DOCE,PIMENTA-DO-REINO,CRAVO-DA-ÍNDIA,BICO-DE-PAPAGAIO. Opa! Bico-de-papagaio se for a espécie de planta. HÍFEN NAS PALAVRAS COMPOSTAS DERIVADAS DE NOMES PRÓPRIOS DE LUGARES. Não importa de onde você é Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio Grande do Norte. A regra é uma só .Para expressar origem, se os nomes são compostos ,têm que ter hífen .Exemplo: PORTO-ALEGRENSE,BELO-HORIZONTINO,RIO-GRANDENSE-DO-NORTE. “ATENÇÃO”:-O hífen também é usado para ligar duas ou mais palavras que aparentemente não combinam . Exemplo: eixo RIO-SÃO PAULO, Ponte RIO-NITERÓI. São Paulo 02 de Janeiro de 2016

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Edelweiss - The Sound of Music, Little Singers of Armenia


Edelweiss - The Sound of Music, Little Singers of Armenia Edelweiss - Richard Rodgers, from ''The Sound of Music'' Artistic director and conductor Tigran Hekekyan

A ORIGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA


São Paulo.,08 de Janeiro de 2016 Estudo 1 Aula 1 Língua Portuguesa A historia da língua portuguesa é a história da evolução da língua portuguesa desde a sua origem no noroeste da península ibérica até ao presente, como língua Oficial falada em Portugal e em vários países de expressão portuguesa. Em todos os aspectos-fonética, morfologia, léxico e sintaxe – o português é essencialmente o resultado de uma evolução orgânica do Latim Vulgar traduzido por colonos romanos no século III a.c. ,com influências menores de outros idiomas. O português arcaico desenvolveu-se no século V a.c., após a queda do Império Romano e as invasões bárbaras como um dialeto românico ,o chamado galego português, que se diferenciou de outras línguas românicas ibéricas. Usado em documentos escritos desde o século IV, o galego português tornou-se uma linguagem madura no século XIII com uma rica literatura . Em 1290 foi decretado Língua Oficial do reino de Portugal pelo rei D. Dinis I .O salto para o português moderno dá-se no renascimento, sendo o Cancioneiro Geral de Garcia de Resende (1516) considerado o marco do seu inicio .A normatização da língua foi iniciada em 1536,com a criação das primeiras ,gramáticas ,por Fernão de Oliveira e João de Barros. A partir do século XVI, com a expansão da era dos descobrimentos , a história da língua portuguesa deixa de decorrer exclusivamente em Portugal, abrangendo o português europeu e o português internacional . Em 1990 foi firmado um tratado internacional com o objetivo de criar uma ortografia unificada , o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990 ,assinado por representantes de , Angola ,Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, Timor Leste O Brasil é responsável por 80% da língua portuguesa falada e escrita em todo o mundo.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

25 de Agosto de 2017 - Comemora-se o dia do Soldado Brasileiro


25 de Agosto Comemora-se o dia o Soldado no Brasil Luis Alves de Lima e Silva, , nasceu em 25 agosto de 1803, na fazenda de São Paulo, no Taquaru, Vila de Porto da Estrela, na Capitania do Rio de Janeiro quando o Brasil era Vice Reino de Portugal. Hoje, é o local do Parque Histórico Duque de Caxias, no município de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro. A 6 de janeiro de 1833, no Rio de Janeiro, o Major Luis Alves casava-se com a senhorita Ana Luisa de Loreto Carneiro Viana que contava, na época, com dezesseis anos de idade. Em 1852, é promovido ao posto de Tenente-general e recebe a elevação ao título Marquês de Caxias. Em 1853, uma Carta Imperial lhe confere a Carta de Conselho, dando-lhe o direito de tomar parte direta na elevada administração do Estado e em 1855, é investido do cargo de Ministro da Guerra. Em 1857, por moléstia do Marquês de Paraná, assume a Presidência do Conselho de Ministros do Império, cargo que voltaria a ocupar, em 1861, acumulativamente com o de Ministro da Guerra. O Decreto do Governo Federal de 13 de março de 1962 imortalizou o nome do Duque de Caxias como o Patrono do Exército Brasileiro.

63 Anos do suicídio de Getúlio Vargas


63 Anos do suicídio de Getúlio Vargas Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil 24 de Agosto de 1954 O fato culminante da crise que antecede o suícidio do presidente acontece em agosto de 1954. Na madrugada do dia 05, o jornalista Carlos Lacerda sofre um atentado, no qual sai ferido e um Major da Força Aérea Brasileira, Rubens Vaz, é assassinado. Após uma investigação, chega-se ao mandante do crime que era o chefe da guarda-pessoal do presidente, um ex-policial, chamado Gregório Fortunato. Esse crime, chamado de atentado da Rua Toneleros, é decisivo para que a campanha contra Vargas aumentasse e ganhasse mais adeptos no Brasil. Diante disso, o presidente começa a ser pressionado por políticos, pelos militares, pelos setores empresariais. O vice-presidente, Café Filho, une-se aos opositores para fazer com que Vargas renunciasse o cargo. Mas, na madrugada do dia 24 de agosto, Vargas toma a decisão que mudaria totalmente o rumo de sua trajetória na história do Brasil. Sozinho, em seu quarto, no Palácio do Catete, Vargas toma uma arma e dispara contra o próprio peito. Sobre o fato, sua filha, Alzira Vargas diz: “Eu saí correndo feito uma doida e me joguei sobre o corpo dele. Ele ainda estava vivo e eu tive a impressão de que esboçava um sorriso”.

The Vienna Boys Choir - Arirang


The Vienna Boys Choir - Arirang in Korea, 2009 Soliste: Hibiki (Schubertchor)

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO ""


30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO "" 25 Aniversário de Fundação da Associação de Escoteiros do Ar BARTOLOMEU DE GUSMÃO 25 de Janeiro de 1970 todas as 3 tropas reunidas Sede Jardim das Oliveiras - Vila Gustavo São Paulo SP Vemos o Saudoso e Lendário Chefe Geral do Grupo " ALCIDES GABRIEL BRANCO "

30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO ""


30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO "" 25 Aniversário de Fundação da Associação de Escoteiros do Ar BARTOLOMEU DE GUSMÃO 25 de Janeiro de 1970 todas as 3 tropas reunidas Sede Jardim das Oliveiras - Vila Gustavo São Paulo SP Vemos o Lendário e saudoso Chefe Geral ALCIDES GABRIEL BRANCO , ladeado ao Pioneiro William Saghi Chahud, ambos estudando a composição e organização da Fanfarra do Grupo Escoteiro do Ar Bartolomeu de Gusmão. Chefe Alcides Gabriel Branco ,orientando o Pioneiro William Saghi Chahud , como ele gostaria que fosse organizada a fanfarra.

30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO ""


30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO "" 25 Aniversário de Fundação da Associação de Escoteiros do Ar BARTOLOMEU DE GUSMÃO 25 de Janeiro de 1970 todas as 3 tropas reunidas Sede Jardim das Oliveiras - Vila Gustavo São Paulo SP

30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO ""


30/SP Grupo Escoteiro do Ar "" BARTOLOMEU DE GUSMÃO "" 25 Aniversário de Fundação da Associação de Escoteiros do Ar BARTOLOMEU DE GUSMÃO 25 de Janeiro de 1970 todas as 3 tropas reunidas Sede Jardim das Oliveiras Vila Gustavo São Paulo SP

sábado, 19 de agosto de 2017

111/SP Grupo Escoteiro do Ar VASCO CINQUINI


111/SP Grupo Escoteiro do Ar VASCO CINQUINI Visita ao Museu da Aeronáutica de São Paulo SP data 23 de Outubro de 1986 Vemos o Lendário Chefe de Tropa William Saghi Chahud Chefe William sempre teve uma boa visão do futuro e sempre andava com a sua maquina fotográfica e nas atividades dos Escoteiro tirava as fotos porque sempre soube que no futuro que já é hoje estas fotos seria lembranças e boas recordações. Vemos o Chefe William posando ao lado da lápide do Herói Nacional o Padre Brasileiro BARTOLOMEU LOURENÇO DE GUSMÃO Inventor do Balão movido a Ar quente

111/SP Grupo Escoteiro do Ar VASCO CINQUINI


111/SP Grupo Escoteiro do Ar VASCO CINQUINI Visita ao Museu da Aeronáutica de São Paulo SP data 23 de Outubro de 1986 Vemos as Patrulhas de Escoteiros do Ar no momento do deslocamento saindo do museu da Aeronáutica de São Paulo SP