sexta-feira, 16 de abril de 2010

MENINOS DO LAR - NO AJURI NACIONAL

AJURI NACIONAL
Dentro do velho título trato de assunto do momento .É que,após 15 anos da realização do primeiro Ajuri dos Escoteitros do Ar,na vizinha cidade de Guarujá (Base Aérea de Santos ) este ano a U.E.B. Realizou o segundo do território nacional ,próximo à Base Aérea de Cumbica,lá estiveram acampados durante três dias sob a direção geral do comissário técnico ,que outro não é senão quem esta escreve.,os escoteiros do Ar de São Paulo,Santos,São Vicente,Guanabara,Belo Horizonte,Brasilia,Santa Catarina,São José dos campos,e de Curitiba,berço do escotismo do Ar.
Foi sem dúvida uma grande concentração;como chefe de campo tivemos o Prof.Verdussem ,chefe de fogo de conselho,Adelk Piston. A primeira prova teve como vencedora a patrulha da Águia do Grupo Anchieta sediada aqui na zona norte de São Paulo,sob a direção do chefe ANTONIO DE PAULA,na prova de aeromodelismo venceu a patrulha da guanabara.,nos jogos a patrulha da Bartolomeu de Gusmão ,e também na disciplina venceu a pequenina patrulha da B.G. dos meninos Orfãos da Maçonaria.
A direção da CUPLA esteve sob a responsabilidade do chefe Comissário Regional Dr' Pedreschi,Major Ruy Barbosa e chefe Ernesito de Mello da programação constou um vôo que alegreu muitos meninos que nunca antes havia voado ,tudo sobe direção do chefe Jurandir. A visita ao museu na Aeronáutica no ibirapuera também foi outra grande alegria da garotada,pois puderam entre outras coisas conhecer de perto a história do raid do “JAHU” que teve .entre seus lendários heróis ,o mecânico VASCO CINQUINI ,filho de zona norte e de que tantas vezes já escrevi.
Os Escoteiros assistiram aos festejos da semana da Asa na Base Aérea de São Paulo,vibraram com a Esquadrilha da Fumaça ,com o salto em paraquedas ,provas de aeromodelismo durante os jogos foram visitados pelo Major Brigadeiro Clóvis Pavan,Comandante do IV COMAER,sendo que a sua chegada ,as patrulhas ficaram em forma ,todos dando o grito da patrulha .
Foi oferecido a Esposa do Major Brigadeiro Pavan,por intermedio de cada um dos monitores ,uma lembrança indicativa dos estados ou cidades que representavam.
No momento em que ,como chefe de grupo apresentamos a Patrulha de Órfãos do Grupo B.G.da Maçonaria (Lar da Criança Feliz)ao invés de uma lembrança foi feito um convite ,através do monitor para que à esposa do Major Brigadeiro Pavan lhes fizessem uma visita , o que foi aceito ,de maneira carínhosa ,pela ilustre Dama ,que beijou sensibilizada os Escoteiros do Lar.
E o que vale salientar é que no dia seguinte ,após serem entregues os escoteiros à diretoria daquele educandário ,quando nos dirigimos ao monitor ,indagando se havia feita limpeza no material usado no acampamento ,dissemos que tudo estava em ordem . Apenas um detalhe: o Escoteiro Luis não tinha querido lavar o rosto,para sentir mais ainda a sensação do beijo recebido ,pois havia tido à sensação de haver recebido um beijo de sua mãe.... Da mãe que nunca chegou a conhecer!

Dados Informativos:
Caso Veridico Extraido do Semanário” A GAZATA DA ZONA NORTE “ da Crônica de Jayme Janeiro Rodrigues.
Em data: São Paulo 03 de dezembro de 1978.
Cópia fiel e legitima do texto.

Editor Responsável :William Chahud

Um comentário:

  1. William Chahud, agradeço por sua atenção e fico feliz que tenha gostado do que escrevi.

    Interessante o caso e bela crônica!

    Abraço amigo e até a próxima!

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrado seu comentário:

Vinicius de Moraes, nascido Marcus Vinicius de Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980)

Vinicius de Moraes, nascido Marcus Vinicius de Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 19...