terça-feira, 11 de abril de 2017

AVIADORA BRASILEIRA ANÉSIA PINHEIRO MACHADO


Anésia Pinheiro Machado .,A primeira mulher a realizar um voo solo no Brasil também nasceu em Itapetininga. Na cidade, não são tantos os que se lembram do feito de Anésia Pinheiro Machado, que teve a memória perpetuada numa estátua em bronze na região central. A aviadora nasceu em junho de 1902, e faleceu em maio de 1999. Cremada, ela teve as cinzas depositadas em urna que se encontra guardada no Museu do Cabangú, município de Santos Dumont, Minas Gerais. Anésia começou seus estudos na aviação em dezembro de 1921, na cidade se São Paulo. Teve o interesse despertado para voar ainda criança. Em 17 de março de 1922, já faria seu primeiro voo solo numa aeronave Caudron - G3. Um Mês depois, recebe o brevet internacional de número 77 da Federação Aeronáutica internacional (FAI) pelo Aeroclube do Brasil. Em setembro do mesmo ano, realiza o voo interestadual entre São Paulo e Rio de Janeiro, em comemoração ao Centenário da lndependência. Tornou-se a primeira "raid woman" ("mulher veloz", no jargão aeroviário) brasileira. Graças à proeza, foi cumprimentada pelo próprio Alberto Santos Dumont por meio de carta. Em julho de 1924, Anésia participa da Revolução junto com os capitães Joaquim, Juarez Távora e Índio do Brasil, com os quais foi presa e, posteriormente, liberada por golpe de revoltosos. Em meados de 1939, retoma as atividades aeronáuticas, voando a Porto Seguro para receber Gago Coutinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui registrado seu comentário: