domingo, 16 de agosto de 2015

O BRASIL RECONHECEU O ESTADO DE BELIGERÂNCIA COM A ALEMANHA E ITÁLIA EM 22 DE AGOSTO DE 1942


Domingo 23 de Agosto de 1942 RIO, 22 (Da nossa sucursal - pelo telefone) - A reunião ministerial foi realizada no Palácio Guanabara das 15 h 30 às 16 h 45. Após a reunião, a secretaria da presidência da República distribuiu por intermédio do DIP a seguinte nota: "O sr. presidente da República reuniu hoje o ministério, tendo comparecido todos os ministros. Diante da comprovação de atos de guerra contra a nossa soberania foi reconhecida a situação de beligerância entre o Brasil e as nações agressoras - Alemanha e Itália. Em consequência, expediram-se, por via diplomática, as devidas comunicações àqueles dois países. Examinaram-se em seguida diversas providências atinentes à situação, ficando os ministros incumbidos de preparar os atos necessários. Resolveu ainda o sr. presidente da República que o Ministério, daquí por diante, se reuna semanalmente para acertar outras medidas exigidas pelas circunstâncias. A decisão do governo brasileiro foi comunicada aos países agressores e a todas as repúblicas americanas "Não há como negar que Alemanha e Itália praticaram contra o Brasil atos de guerra, criando a situação de beligerância" diz a nota oficial FONTE: Folha da Manhã Domingo 23 de Agosto de 1942 Aula 56 - História - Ensino médio A Segunda Guerra foi provocada pelas ambições imperialistas da Alemanha, da Itália e do Japão. Você saberá o que foi o nazi-fascismo alemão, o fascismo italiano e como era o governo militarista japonês. Programa de educação mantido pela Fundação Roberto Marinho e pelo sistema FIESP, SESI/SP, SENAI/SP e IRS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui registrado seu comentário: